quinta-feira, 20 de julho de 2017

Projeto de correr uma maratona






Essa é sobre amizade, projetos, equipes, desafios, esportes, vida e saúde.


Olha o que os meus “amigos” me aprontaram:






Eu amo o Gerenciamento de Projetos. Virei gerente de projetos por um acidente, mas parece que eu nasci para fazer isso. Nessa brincadeira, já estou há 10 anos estudando e trabalhando com isso.


E esse post é gerenciamento de projetos na veia! O desafio de montar uma equipe para vencer o desafio de correr uma maratona! E todas as nuances de uma boa gestão de projetos, como a necessidade de uma comunicação primorosa e que todos da equipe façam a sua parte pelo sucesso do projeto.


Se o meu esforço era encarar o “solzinho” das 10 horas, eu aplaudo os meus colegas que madrugaram e botaram a nossa equipe na pista às 6:30 horas de um domingão nas férias de julho.


Estávamos correndo a Maratona de Revezamento do Pão de Açúcar. São os famosos 42,195 QUILÔMETROS…


Maratona é o nome de uma corrida realizada na distância oficial de 42,195 km, normalmente em ruas e estradas. Única modalidade esportiva que se originou de uma lenda, seu nome foi instituído como uma homenagem à antiga lenda grega do soldado ateniense Fidípides, um mensageiro do exército de Atenas, que teria corrido cerca de 40 km entre o campo de batalha de Maratona até Atenas para anunciar aos cidadãos da cidade a vitória dos exércitos atenienses contra os persas e morreu de exaustão após cumprir a missão.
[Wikipedia]


só que divididos para equipes de 2, 4 ou 8 corredores, como a nossa.


Falando do projeto da prova em si, mais um show de gerenciamento de projetos. A corrida foi extremamente bem organizada em todos os detalhes, até porque a empresa já tem o know how de ter executado esse projeto dezenas e dezenas de vezes.


Não pense que é fácil fechar um bairro inteiro de uma das maiores cidades do país. É uma equipe de projeto gigantesca para fazer tudo funcionar a contento, incluindo alguns guardas de trânsito da prefeitura.





O ambiente da corrida é espetacular. É um astral muito bom com boas energias e boas vibrações. Inspira saúde, paz e alegria. É contagiante. Mesmo que você não corra, se possível, compareça a um local de prova e sinta você mesmo o que eu estou tentando dizer aqui.


Como já falei anteriormente, a corrida de revezamento é uma das maiores demonstrações possíveis de trabalho em equipe. Todos da equipe precisam se doar ao projeto bem como cuidar uns dos outros.






Todo mundo fez o seu papel direitinho, principalmente de estar a postos na hora da largada. Imagina só: você correr meia hora com sol a pino e, no final, não ter para quem passar o bastão?


Os meus amigos temiam muito por mim em relação à questão climática. Afinal, eu tinha escolhido ser o último e entraria na pista lá pelas 10 horas da manhã.


Mas isso era eu. A gente joga futebol no sábado das 10 às 12 da manhã há 10 anos. Acredite: eu estaria muito melhor nesse horário do que acordando de madrugada.


Pra o meu espanto, o meu maior desafio foi… o vento!


Isso mesmo. A corrida foi na praia e em alguns momentos o vento bateu forte e contra! Às vezes, eu tinha a terrível sensação de estar fazendo um tremendo esforço físico e não saindo do “canto”. Sabe quando você nada pra fora e a onda te puxa de volta pra dentro?


No primeiro posto, eu bebi água demais e ganhei aquela famosa dor abdominal, a dor desviada. E esse, sim, foi o meu grande desafio até o final da prova.


Ainda assim, eu corri em 80% do total da prova.


É legal participar de corridas porque todos se motivam. Sempre passa alguém puxando: vamos, vamos, vamos! Não para! Tracem pequenas metas! VAI!


Daí você tenta acompanhar alguém que está correndo próximo e assim as coisas acontecem.


Nessa brincadeira, eu ultrapassei e fui ultrapassado dezenas de vezes.


A gente criou uma pequena competição com a outra equipe aqui da empresa para aumentar a motivação e a diversão da coisa.


Aí meu amigo, quando eu passei o cara deles que estava na pista comigo, foi muito energizante e divertido.






O nosso líder, capitão e gerente de projetos, foi muito inspirado e inspirador correndo em 23 minutos. Teve gente que fez 25, 27, 32… Acabamos ficando com 30 minutos de média por corredor.


Eu tive a honra de cruzar a linha de chegada, fechando o revezamento e todo o esforço coletivo despendido pela equipe.


Cruzei a faixa simbólica imediatamente abaixo das 4 horas de prova e isso foi muito simbólico para nós:


8 amigos se reuniram num domingão e correram uma maratona de 42,195 quilômetros em 3 horas, 59 minutos e 22 segundos:






De brinde, o capitão ainda me deu essas fotos divertidíssimas da minha chegada:












E aqui a foto da equipe campeã, ou de quase toda ela, já que os madrugadores justamente desertaram:






E no meu livro de feitos notáveis agora consta:


Corri uma maratona!


E contarei essa história um dia para os filhos da Isabela.








POST SCRIPTUM BÔNUS ESPECIAL
NIGHT RUN


Eu fiquei devendo o post sobre a Night Run, então vou falar um pouco aqui sobre isso.


O ambiente-balada da Night Run é indescritível. Veja você mesmo:






Foi a primeira e única vez que eu realmente corri junto de um pelotão. Você é uma sardinha ali no meio de 500 corredores. Chega um momento em que a cidade silencia e você passa a ouvir claramente o barulho dos tênis roçando no asfalto. São mil tênis cantando em uníssono, como em uma marcha militar. De repente, você está sendo levando pelo barulho e pelo movimento ritmado e nem percebe mais que está correndo. É indescritível! Uma sensação única.


E foi assim que eu consegui correr por 4,5 quilômetros sem parar!


Pra fechar o post mais corrido do blog, essa foi a outra corrida/experiência louca que eu participei:




Se tiver a oportunidade de correr, corra. Se tiver a oportunidade de participar de uma prova oficial, aproveite!



Bora viver porque morrer é de graça!


Desejo esportes, vida longa e muita saúde a todos!


Ei, psiu, se liga…
Dá para ficar sabendo das novidades do blog pelas redes sociais. Sigam-me os bons!


        

Conheça a minha obra completa em:

7 comentários:

  1. Massa o post! Agora diz aqui quem não autorizou a foto da equipe?

    ResponderExcluir
  2. Olha os frutos da do projeto da corrida já rendendo, rendendo um excelente texto e rendendo inspiração para novos projetos para novas pessoas. Parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita! Valeu demais! Muito obrigado.
      Realmente, foi uma experiência riquíssima.
      Que bom que eu consegui transmitir isso a outras pessoas.

      Excluir
  3. Muito legal Paulinho show de bola

    ResponderExcluir