terça-feira, 9 de abril de 2019

Projeto de levar os pivetes para visitar a fantástica fábrica de biscoitos





A nossa filha de 6 anos estava comendo o nosso juízo porque a tia prometera levá-los a um passeio em uma das maiores fábricas de biscoitos do país.


Meu amigo, eu não sei se você está entendendo o que eu estou falando. Todo dia, ela perguntava quando era o passeio, quantos dias faltava para o passeio e nós ainda assistimos pra lá de 10 vezes no Netflix: A Fantástica Fábrica de Chocolates!


Passada a burocracia que me obrigou a preencher um formulário em preto e branco e depois outro colorido, dando até a alma da minha filha para o pessoal da fábrica, o dia foi chegando e o dia chegou!


Tudo de graça!




Na porta da escola, um confortável ônibus os levou até a fábrica, com direito a Minions e entretenimento já na viagem.


A primeira parada foi no teatro. Um show infantil… adivinha quais eram os personagens?


Eles mesmos!


Os personagens oficiais que a turma do marketing bolou para os biscoitos.


Recreação, brincadeiras…


Hora da pintura!


Ganha um doce, digo, um biscoito, quem adivinhar quais personagens as crianças tinham que colorir.


Depois, a melhor hora de sempre: a hora do lanche!


Ganha outro biscoito quem adivinhar qual foi o cardápio…


Biscoitos e sucos da própria fábrica.


Finalmente, hora de botar touca e avental e conhecer a fábrica.


Eles viram de pertinho os fornos onde são assados os biscoitos e as máquinas cortando as massas (macarrões).


O guia até brincou que uma partida de pique-esconde duraria umas 2 horas de tão grande que era a fábrica.


(Mas eles não puderam experimentar os biscoitos quentinhos. O meu colega que trabalhou lá disse que não se comparam de forma alguma aos que a gente consegue comprar nos supermercados.)


Hora de voltar pra casa, mas não sem ganhar um kit! Isso mesmo… parecido com aquelas “lembrancinhas” que dão nos aniversários infantis: uma sacola cheia de biscoitos e macarrão instantâneo.


E eu achei essa história toda tão genial que mereceu até um post aqui no blog. Um dos projetos de marketing mais geniais que eu já vi:


Como criar uma nova geração de consumidores?


Detalhe também para todas as nuances de segurança: como deslocar em segurança dezenas de crianças entre os dois extremos de uma das maiores cidades do país e como fazê-las transitar em segurança dentro de uma das maiores fábricas do país.










POST SCRIPTUM


Como nem tudo na vida são flores nem biscoitos, o marketing não serviu muito para a minha filha, não. É que ela não gosta de biscoitos recheados nem de macarrão instantâneo.


Um abraço e até a próxima grande história.


Compartilhe o blog. Compartilhe ideias boas com a gente.


Ei, psiu, se liga…
Dá para ficar sabendo das novidades do blog pelas redes sociais. Sigam-me os bons!


        

Conheça a minha obra completa em: